Skip to content

A culpa pode ser sua

agosto 7, 2009

barriga

Eu sempre quis escrever algo sobre este assunto e acho que chegou a hora. Depois da tempestade veio o sol e iluminou a minha vida, a da minha esposa e toda a nossa família. Eu , como homem, como “macho” que sou, fico triste e angustiado quando sei que uma grande parte da minha raça (homens) são tão desinformados e ignorantes em certos assuntos, principalmente sobre gravidez. Quem já não ouviu falar, em uma rodinha de amigos ou mesa de bar, que quando “fulana” não engravida é porque ela tem “algum problema”… “fulana”  não pode ter filhos por causa disso ou daquilo… o problema sempre está na mulher. Infelizmente uma boa parte dos homens não assumem a sua parte ou responsabilidade quando sua mulher não engravida. “Problemas de saúde? Eu tô legal, faço meu papel uma, duas, três vezes… nunca falhei!”. É o que dizem, como se todo o seu potencial e virilidade fosse o suficiente para engravidar sua parceira.

Depois de um ano tentando ter filhos e nada acontecia, eu e a Tati (minha esposa) partimos para fase dos exames médicos. Isso mesmo! Se ela não engravidava o problema poderia ser comigo ou com ambos, então procuramos ajuda médica. Inicialmente eu fui a um urologista e ele logo me solicitou um ultrassom da bolsa escrotal e um espermograma. Eu acho que isso é o mínimo que o homem deve fazer. A vontade de ter um filho era tanta que eu estava disposto a tudo. O que alguns poderiam chamar de “fazer um papelão”, humilhação, desconforto, vergonha… eu estava disposto a passar para conhecer melhor o meu corpo, a minha saúde, a minha capacidade, o problema, para aí sim… ser homem o suficiente para assumir e resolvê-lo, ou não… caso o problema fosse mais grave.

Acho que é aí que está o grande lance… do homem descobrir que o problema de não engravidar está com ele. Alguns sentem sua masculinidade afetada pelo fato de não poderem ter filhos e o psicológico então, nem se fala. A mulher consegue lidar melhor com este tipo de pressão, já homem… se já é difícil de assumir o que dirá do problema em si.
Sempre tive em mente alguns pontos bem esclarecidos para mim. É lógico, eu como homem tive que me preparar psicologicamente para qualquer tipo de resultado que fosse. Se eu tivesse algum problema que poderia ser resolvido com medicação ou cirurgia, eu faria o tratamento… e se o problema fosse mais grave, de infertilidade por exemplo… fazer o quê? Vou deixar de ser homem por isso? Meus planos como papai vão muito mais além!

Sempre sonhei em me casar, ter filhos e construir uma família. Minha esposa está realizando meus sonhos, é a mulher com quem quero viver e passar os últimos momentos de minha vida. Me vejo bem velhinho ao lado dela, sentados numa cadeira de balanço curtindo os netos e bisnetos!!! E para constituir essa família, já tinha decidido e conversado com ela, que se não fossem com nossos próprios filhos, iríamos começar um processo de adoção. Ainda é um desejo nosso… se não vier o segundo nenê, iremos adotar!

Família é tudo para mim! Só sei que temos muito amor, carinho, respeito e ensinamentos para dedicar a uma criança, a um filho. É  a vontade de sermos chamados de papai, de mamãe que sempre nós motivou! É a vontade de acordar com um puxão de orelha, de ouvir as primeiras palavras erradas, de ver um sorriso singelo sem dente, de ouvir uma gargalhada ao fazer cócegas, de ter o carinho ao dar um banho, a folia de trocar uma fralda, de acordar de madrugada com choro e fazer dormir no colo, de balançar na rede e ver os cabelinhos ao vento… sinceramente… é muita coisa e pais, são aqueles que criam.
Portanto meu amigo, um pequeno conselho… não perca tempo! Não tem nada demais em ser mais participativo e dividir as responsabilidades com sua parceira. Se está passando por esta situação ou vier a passar procurem logo um médico. Quando mais cedo iniciarem os exames e os tratamentos é melhor. E não ligue para o que os seus amigos vão falar ou pensar de você… confie em Deus, vai dar tudo certo! Ele sabe o caminho e vai te guiar!
Eu confiei Nele e estou aqui, dando meu testemunho pra você!
Ah… e sobre os nossos exames médicos… vai ficar para o próximo post! 🙂
Deus te abençoe!
Anúncios
3 Comentários leave one →
  1. agosto 7, 2009 23:12

    Muito lindo o texto de hoje. Espero que com ele você possa ajudar a outros que estão no dilema…
    Te amo!

  2. agosto 17, 2009 19:22

    Ola!
    estou acompanhando a gravidez de vcs pelo blog da Tati,sem conhecer vcs estou axando super lindo esse laço q unem vcs…
    Esse post seu ta lindo,concordo com tudo que escreveu,o homem tem que curtir,aproveitar e assumir tudo junto com sua parceira.
    Vi o comentario q deixou no blog da Tatiana,acredita q lendo parei um minuto pra pensar na minha vida apos o nascimento do meu filho..em tudo q vc escreveu..meu marido diz a mesma coisa pra mim,que os filhos sao a razao da nossa vida,o motivo da nossa felicidade..
    Que Deus continue abençoando essa familia linda de vcs!
    e que a mIRELA VENHA TRAZER MUITAS ALEGRIAS A VCS DOIS…

    ABRAÇO
    🙂
    Diana

    • bachur permalink*
      agosto 18, 2009 12:10

      Oi Diana! Seja bem-vinda em meu blog e obrigado pelo comentário e elogios 🙂 Estamos muito felizes sim, é uma experiência única, indescritível e cheia de emoções. As vezes acho que estou grávido também (risos) porque tem dia que, do nada, eu choro só de olhar para minha esposa e ver que ali dentro dela tem um serzinho se desenvolvendo… está bem do meu lado mas ainda não posso abraçá-lo. Eu acho super legal esta troca de informações porque não somos completos, temos muito o que aprender com as experiências de outras pessoas e vice-versa. E com certeza, o que o seu marido já diz pra você eu sinto a cada dia que se aproxima com a chegada de Mirela… ela está sendo a razão de tanta felicidade que há entre nós, nossa família e Deus nos enviou na hora certa.
      Um grande abraço para vocês, adorei o nome RHYAN, com certeza vai reinar e regar de felicidade, alegria, paz e muito amor a vida de vocês.
      Que Deus abençõe sua família!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: